Solandra – mudas

solandra1
solandra1

Solandra – mudas

R$100,00

Mudas estabilizadas.
Robusto arbusto trepador de crescimento rápido. Devido ao seu forte desenvolvimento vegetativo esta planta precisa de um suporte bastante forte.
Os seus ramos rígidos e grossos parecem lianas e nos seus nós nascem raízes adventícias. Esta espécie apresenta folhas perenes, de cor verde brilhante e de forma oval podendo atingir os 25 cm de comprimento. As folhas mantém-se sempre verdes ao longo de todo o ano, nos climas mais amenos.

Fora de estoque

REF: FC009 Categoria

Descrição do produto

Nome científico: Solandra maxima

Nome vulgar: Trombeteiro gigante, Solandra.
Origem: México, América Central e do Sul
Robusto arbusto trepador de crescimento rápido. Devido ao seu forte desenvolvimento vegetativo esta planta precisa de um suporte bastante forte.
Os seus ramos rígidos e grossos parecem lianas e nos seus nós nascem raízes adventícias. Esta espécie apresenta folhas perenes, de cor verde brilhante e de forma oval podendo atingir os 25 cm de comprimento. As folhas mantém-se sempre verdes ao longo de todo o ano, nos climas mais amenos.
Os ramos crescem bastante e florescem nas suas extremidades.
As flores são bastante grandes (cerca de 20 cm), de cor amarelo dourado e em forma de funil ou trompete (as pétalas na sua parte terminal curvam para fora). Em clima quente esta espécie poderá florescer durante todo o ano.
Utilização: para cobrir pérgulas, paredes e muros.
Localização: em pleno sol ou a meia-sombra. Esta espécie pode ser cultivada sem problemas nas zonas costeiras.
É uma planta de climas suaves pois não suporta as geadas mais fortes. Resiste até -3 ºC
Em termos de qualidade de solos esta espécie não é exigente, desde que o mesmo apresente uma boa drenagem.
Durante os períodos de maior crescimento é uma planta que precisa de rega. No entanto uma rega muito abundante vai favorecer bastante o crescimento vegetativo

em desfavor da floração. A planta apresenta uma certa resistência à seca.

Esta espécie tolera a poda sem problemas. A poda obriga a planta a ramificar-se, controlando-se assim o seu desenvolvimento.

CultivoCultura 2016 ~ Produzido por tr3zetrintaeum